segunda-feira, 22 de agosto de 2016

o fim dos jogos

Acabou ontem e ficaram tantas histórias bonitas registadas, fotografadas, vividas, conquistadas.

Daqui a 4 anos voltaremos a ter festa e alegria, porque os Jogos Olímpicos, mostram-nos o desporto sempre de outra forma.

Que lindas imagens que nos chegaram do Brasil. Mesmo com tudo o que se soube de negativo, o Rio de Janeiro é um cenário magnifico para uma festa como esta.












quinta-feira, 18 de agosto de 2016

3 anos

É verdade faz hoje 3 anos que vim com as minhas filhas para esta ilha.

3 anos depois e o balanço é positivo.
Não só pela forma como as coisas têm corrido, mas principalmente pelas pessoas que nos tornámos.

Passamos a ser mais família. A ter uma maior consciência dos 5.

Não sei se faz sentido lembrar sempre este dia, mas a verdade é que muitas vezes sinto que comecei neste dia uma nova vida.



quarta-feira, 17 de agosto de 2016

fomos a Portugal

É verdade, fomos buscar as nossas meninas.
Fomos na Sexta-feira e voltámos ontem.

Foram poucos dias, mas foram bons.
Muita coisa, muita gente.
Mas venho de coração cheio.

Tanta alegria.

Também foi bom ontem chegar.
Chegar com elas a casa. Repor a ordem.
Organizar tudo para a escola.
Voltar à rotina.

Hoje já andaram à chuva e de casaco.
É esta a nossa realidade.
Passou isto a ser o normal.

Cada vez mais tenho em mim que somos muito do que temos.
Ainda que claro, eu seja muito do que já tive.






sexta-feira, 12 de agosto de 2016

das férias...

As férias trazem a garantia, que este ano, tenho que reescrever a história de algumas amizades.


quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Jogos Olimpicos

Cá em casa adoramos, claro!
Aliás deve ser impossível ser da família do meu marido e não seguir os Jogos Olímpicos.

Este ano tem a característica de ser no Brasil e por isso ouvirmos a nossa lingua.
Estive acordada para ver a cerimónia de abertura em directo, adormeci algures após a entrada dos países de letra D! Quando entrou o primeiro país de letra P, o Jorge acordou-me e aqueles segundos da equipa portuguesa a entrar, valeram ter ficado à espera! O sorriso do João (porta estandarte este ano) demonstrava alegria e felicidade. E são estes os sentimentos que eu admiro nos Jogos Olímpicos.

Mais do que seguir as modalidades olímpicas, até porque não sou conhecedora de muitas, adoro o espírito que envolve os Jogos.

Existem imensas fotografias que mostram este espírito.
A nadadora síria (1).
O jogo de voleibol feminino entre o Egipto e a Alemanha (2).
A selfie de duas atletas juntas, uma da Coreia do Norte e outra da Coreia do Sul (3).
O pedido de casamento feito (4).
As lágrimas da atleta brasileira que ganhou a medalha de ouro em Judo feminino -57kg (5).
A garra de Telma Monteiro quando ganha a sua medalha (6).

E tantas outras que já aconteceram e que ainda vão acontecer.

A cerimónia de abertura mostrou que mesmo com muitas dificuldades, as entidades competentes estão a tentar que tudo corra da melhor forma, ainda que neste momento o país esteja numa situação caótica.

Aqui por casa vamos continuar a acompanhar e claro a torcer!

1
2
 3
 4
 5
 6




quarta-feira, 10 de agosto de 2016

é impossível não ficar de coração pequenino com as imagens que chegam dos fogos em Portugal.

Ver as imagens do Funchal ainda faz doer mais.
Um fogo desolador que atingiu a cidade.
Imaginar a cidade atravessada por chamas, desde a serra até à avenida do Mar, faz-me ficar mesmo triste.

Se existe ilha onde sempre disse que não me importava de viver era na Madeira.

A caminho de casa apanhei chuva e só pensava, como esta chuva seria ouro a cair no lado de lá do Atlântico.




terça-feira, 9 de agosto de 2016

Sobrebvoar Lisboa

É lindo chegar pela manhã a Lisboa.
As imagens da janela do avião mostram a beleza de uma cidade, que eu acho única.

Adoro.
E adoro ver as ruas e saber-lhe os nomes, conhecer os caminhos.

Fico sempre de coração cheio.